Terça, 24 de Maio de 2022
26°

Pancada de chuva

Augustinópolis - TO

Governo impeachment

Defesa de Carlesse apresenta argumentos à AL-TO para tentar suspender o processo de impeachment

Agora o relator do caso, deputado Júnior Geo, terá 10 dias para analisar a documentação e recomendar prosseguimento ou arquivamento do caso.

15/02/2022 às 08h31
Por: Redação Fonte: G1 Tocantins
Compartilhe:
Imagem de Divulgação
Imagem de Divulgação
A defesa do governador afastado Mauro Carlesse (PSL) apresentou nesta segunda-feira (14) os argumentos para tentar barrar o prosseguimento do processo de impeachment aberto contra ele na Assembleia Legislativa. Os documentos foram protocolados pelo advogado que representa Carlesse no caso, Juvenal Klayber, na sede da AL durante a tarde.

A apresentação foi feita um dia antes do fim do prazo. Os documentos citam o governador em exercício, Wanderlei Barbosa e também o deputado Júnior Geo como tendo interesse eleitoral no caso. Confira o que disse a defesa.

Agora o relator do processo, deputado Júnior Geo (PROS), terá 10 dias para analisar a documentação e elaborar um parecer recomendando o prosseguimento ou arquivamento do caso. Ele vai apresentar o relatório com este parecer aos outros quatro membros da comissão especial do impeachment e para ser aprovado o relatório precisa de pelo menos três votos favoráveis.

 
Deputado Júnior Geo é o relator do processo de impeachment — Foto: Divulgação/Assessoria do Deputado Júnior Geo

Deputado Júnior Geo é o relator do processo de impeachment — Foto: Divulgação/Assessoria do Deputado Júnior Geo

Se o parecer for pela continuidade da denúncia e a comissão aprovar o prosseguimento, o caso irá para votação no plenário da Assembleia Legislativa.

O pedido de impeachment é baseado nos inquéritos que levaram ao afastamento do governador pelo Superior Tribunal de Justiça. Carlesse é considerado suspeito em duas operações da Polícia Federal que ocorreram simultaneamente.

Uma delas é para a apuração de um suposto esquema de propinas relacionado ao plano de saúde dos servidores públicos, na época chamado de PlanSaúde. A segunda operação investiga suposta interferência do governador em investigações da Polícia Civil que poderiam prejudicar aliados e o próprio governo.

 

O prazo do afastamento do governador termina em abril, mas pode ser revisto pela Justiça caso o STJ avalie que é necessário. Por enquanto, o Governo do Tocantins segue sendo exercido pelo vice-governador, Wanderlei Barbosa (Sem partido).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Augustinópolis - TO Atualizado às 21h59 - Fonte: ClimaTempo
26°
Pancada de chuva

Mín. 24° Máx. 34°

Qua °C °C
Qui °C °C
Sex °C °C
Sáb °C °C
Dom °C °C
Anúncio
Anúncio
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio